Primários, revestimentos amovíveis e liners amovíveis
O que é tão fascinante nos primários de fixação e adesividade, revestimentos e liners amovíveis?

O que é tão fascinante nos primários de fixação e adesividade, revestimentos e liners amovíveis?

Os primários (primários de fixação e adesividade) desempenham um papel importante na fita adesiva. Adicionalmente, os liners amovíveis e os revestimentos amovíveis (camada separadora) asseguram um desenrolar perfeito.



Não é só a fita adesiva que fixa. A situação também se torna difícil na fita adesiva: o chamado primário garante uma boa adesão do adesivo ao material de suporte. E se pensa que a facilidade com que a fita adesiva se desenrola só depende dos seus músculos, engana-se. A camada separadora – também chamada revestimento amovível – da fita adesiva ajuda muito.

O que é um primário (primário adesivo)?

A fita adesiva consiste em dois componentes importantes: o adesivo, que se fixa sob a forma de um adesivo sensível à pressão à fita adesiva e é totalmente aderente. E o suporte (papel, película, tecido, velo, etc.), que segura o adesivo. Agora, existem fitas adesivas para muitas finalidades diferentes. Diferem em termos de velocidade, duração e robustez da fixação.

E é exatamente aqui que o primário entra em jogo. Trata-se de uma fina camada aplicada ao fundo do suporte que reforça a adesividade do adesivo. O primário de fixação da fita adesiva é sempre usado quando é necessária uma forte adesão do adesivo ao suporte. Tal faz sentido se a fita adesiva for aplicada apenas temporariamente e sem que fiquem resíduos de cola após a sua remoção – por exemplo, com fita de máscara.

Ou se a fita adesiva for aplicada para fixar dois elementos permanentemente. O aumento da adesividade permite que espelhos fixos com fita adesiva adiram à parede. Sem o primário ou primário de fixação e adesividade ou mesmo sem um sistema de ancoragem, o adesivo poderia não aderir de forma suficientemente segura ao suporte da fita adesiva e poderia deixar cair o espelho da parede.

global.read_more

Estrutura de fita de face única e de fita biadesiva

Estrutura de fita adesiva de face única (esquerda) e de fita biadesiva (direita): 1) Revestimento amovível, 2) Suporte, 3) Primário, 4) Adesivo, 5) Liner amovível (revestido a silicone), 6) Adesivo (lado fechado), 7) Primário, 8) Suporte, 9) Primário, 10) Adesivo (lado aberto)
Estrutura de fita adesiva de face única (esquerda) e de fita biadesiva (direita): 1) Revestimento amovível, 2) Suporte, 3) Primário, 4) Adesivo, 5) Liner amovível (revestido a silicone), 6) Adesivo (lado fechado), 7) Primário, 8) Suporte, 9) Primário, 10) Adesivo (lado aberto)

Melhor adesividade com primário

A verdadeira utilidade do primário torna-se clara quando analisamos o suporte ao microscópio. O suporte deve garantir a aderência do adesivo à fita adesiva. Na maior parte das vezes, o suporte é em plástico, por exemplo, por ser a solução mais sensata neste tipo de aplicação. No entanto, existem plásticos e outros materiais aos quais o adesivo não adere bem. Polietileno (PE), polipropileno (PP), teflon, borracha e silicone são alguns deles. Os especialistas caracterizam-nos como tendo “energia de superfície muito baixa”. O que é realmente “fascinante” num primário é que: aumenta esta tensão superficial, permitindo que o suporte e o adesivo se unam mais fortemente.

O segundo especialista do grupo: o revestimento/liner amovível (camada separadora)

As fitas biadesivas têm um liner amovível que deve ser removido para usar ambas as faces aderentes da fita.

Existe um segundo componente que torna a fita adesiva num especialista para cada situação. Algumas fitas adesivas têm camadas separadoras especiais, os chamados revestimento amovível e liner amovível, na face superior, para que a fita adesiva no rolo não adira à camada acima. Um liner amovível é usado principalmente com fitas biadesivas. Os principais tipos de liners amovíveisconsistem em papéis siliconizados ou películas. A escolha do liner ideal depende da aplicação. Se for necessário usar formas pré-cortadas, são preferíveis os liners de poliéster. Se a fita estiver exposta a humidade, são principalmente usados papéis revestidos com polietileno pela sua estabilidade dimensional. Para a maioria das aplicações, os liners de papel são os liners ideais.

O suporte de uma fita de face única e o liner amovível de uma fita biadesiva são tratados com um revestimento amovível. O revestimento amovível garante o desenrolar estável da fita durante a aplicação. Isto é muito importante para aplicações automáticas em que a fita pode ser desenrolada a alta velocidade. Um revestimento amovível pode ter várias intensidades de libertação para cada tipo de desenrolar (fácil ou mais difícil), dependendo das necessidades do cliente.

global.read_more

Liners amovíveis para fitas biadesivas

O liner repelente de adesivo é necessário para desenrolar e aplicar adequadamente a fita. O material pode ser película plástica ou papel especial:

  • Papel cristal: Solução padrão
  • Papel revestido com PE: Resistente à humidade
  • Película em MOPP (monoaxially oriented polypropylene ou polipropileno com orientação monoaxial): Principalmente para formas pré-cortadas e processos automatizados
  • Película em PE: Principalmente para fitas em espuma
  • Película em PET: Principalmente para formas pré-cortadas de alta precisão da indústria eletrónica
global.read_more
Material

Papel cristal

Papel revestido com PE

Película em MOPP (monoaxially oriented polypropylene ou polipropileno com orientação monoaxial)

Película em PE

Película em PET

Características

▪ Fácil de rasgar à mão
▪ Boa força de tensão
▪ Boa descarga eletrostática

▪ Melhor estabilidade dimensional
▪ Camada em PE evita absorção de humidade
▪ Fácil de rasgar à mão

▪ Estabilidade dimensional, boa força de tensão
▪ Resistente à humidade

▪ Muito flexível para desenrolar produtos espessos

▪ Resistente à temperatura (máx. 150 °C)
▪ Boa tolerância da espessura

▪ Estável sob pressão devido ao núcleo em papel
▪ Cortável com cortante
▪ Eficiente em termos de custos

▪ Boa força de tensão
▪ Boa descarga eletrostática
▪ Cortável com cortante
 

▪ Tolerância pequena da espessura
▪ Cortável com cortante
▪ Translúcida

▪ Resistente à humidade

▪ Estabilidade dimensional, baixa espessura
▪ Cortável com cortante ou com meio corte
▪ Transparente