Vidro Estrutural

Vidro Estrutural

Grandes perspetivas - as nossas fitas biadesivas oferecem um elevado desempenho em ambientes exigentes.



Existem dois tipos de sistemas de vidro estrutural: de dois e de quatro módulos de fixação. Cada conceção tem as suas vantagens especificas.

Os sistemas de vidro estrutural de dois módulos incluem uma combinação de fixação mecânica e um sistema de fixação com fita adesiva. Duas extremidades de vidro opostas são fixadas a uma caixilho com tesa® ACXplus e os outros dois módulos opostos são fixados mecanicamente. Com este tipo de sistema é possível alcançar uma elevada segurança mecânica e os dois métodos de fixação (fita adesiva e fixação mecânico) ajudam a contrabalançar as forças dinâmicas em presença.

Os sistemas de vidro estrutural de quatro módulos proporcionam uma visão quase sem caixilho. Durante a pré-fabricação, os quatro módulos do painel de vidro são unidos ao caixilho com tesa® ACXplus num ambiente de fábrica. Estes módulos de vidro são, então, ligados à subestrutura no local de construção e dão um aspeto de uma superfície de vidro plana à fachada. A tesa® ACXplus suporta as cargas dinâmicas; no entanto, recomendamos um apoio mecânico do peso para o vidro, que todavía não é visível do lado de fora. A vantagem clara destes sistemas é, naturalmente, o facto de não ter uma caixilho visível.

A tesa® ACXplus tem uma capacidade excecional de compensar as tensões estática, dinâmica e térmica durante todo o ciclo de vida de um componente. Devido ao comportamento viscoelástico, é possível dissipar as tensões para assegurar uma união segura.

Antes de se poder mover e continuar a processar elementos montados com um adesivo líquido, este tem de alcançar uma resistência ao manuseamento, o que pode demorar segundos ou horas. Não é possível desmontá-los facilmente para serem novamente trabalhados e constituem mais uma substância química na fábrica. Essas substâncias químicas desempenham um papel no que diz respeito a um ambiente de trabalho saudável e limpo num local de produção.

Tanto os adesivos líquidos como as fitas biadesivas necessitam de um processo de aplicação em várias etapas, uma vez que é necessário evitar a contaminação dos substratos. Portanto, a limpeza dos substratos é essencial para ambos os métodos de fixação e não se pode evitar. Tal como os adesivos líquidos, as fitas biadesivas compensam as superfícies irregulares ou desniveladas. Uma vantagem das fitas biadesivas em relação aos adesivos líquidos é a utilização de camadas finas de produto, o que torna o espaço entre as superfícies unidas o mais pequeno possível. Até a flexibilidade ao ajustar os materiais com uma fita adesiva é possível se o "liner" não estiver totalmente removido. Isto permite processos de produção eficientes. Como não é necessário tempo de cura, garante-se uma maior rapidez de montagem.

Ler mais

Certificados e relatórios de testes externos

  • ASTM E284-04, 330-02, 331-00 - ensaio de resistência ao vento e de infiltração de água
  • AAMA 501.6-09 - teste de terramotos em seções da fachada
  • NBR 10821-3/11 - infiltração da água e do ar nas seções da fachada
  • DIN EN 13501-1.2012 - classificação do comportamento ao fogo
  • Teste de ciclones de acordo com o desempenho AS 1562.1 e AS 4040.2/3 e o ensaio de resistência ao vento cíclico simulado AS 4040.3
ACXplus para paredes divisórias em vidro
Vidro Estrutural
Vidro Estrutural

Downloads

Páginas relacionadas